Chega, não dá mais! Ascipam cobra postura urgente contra invasão de ambulantes em Pará de Minas



    
Chega, não dá mais! Ascipam cobra postura urgente contra invasão de ambulantes em Pará de Minas

Em defesa dos comerciantes estabelecidos em Pará de Minas, a ASCIPAM protocolou ofício na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano solicitando medidas urgentes de combate à presença dos ambulantes.

Depois de um curto período de ausência eles voltaram a invadir a praça, aproveitando o afrouxamento da fiscalização. Na última semana, por exemplo, houve até disputa de ponto na Benedito Valadares.

A principal rua do centro da cidade foi tomada por vendedores de frutas, hortaliças, utilidades do lar, confecções, brinquedos e flores, dentre tantas outras mercadorias. Todas sem procedência e adquiridas ilegalmente em outros estados, principalmente São Paulo.

Tão logo as manifestações de protesto chegaram à ASCIPAM, a diretoria redigiu o documento que foi encaminhado à Prefeitura de Pará de Minas defendendo fiscalização imediata e a retirada dos ambulantes que infringem a legislação municipal.

Além da concorrência desleal, a entidade chama atenção para a fuga do dinheiro nesse momento de forte retração econômica, em que as vendas formais despencaram e o varejo precisa se reinventar para manter seus compromissos em dia.

A expectativa da ASCIPAM é de um posicionamento urgente do poder público, em respeito aos empresários que trabalham o ano todo e contribuem com o desenvolvimento da cidade, através de seus impostos.

 Galeria de Imagens

Chega, não dá mais! Ascipam cobra postura urgente contra invasão de ambulantes em Pará de Minas


Executou