Muita emoção e histórias de sucesso no Empresário do Ano 2017



    
Muita emoção e histórias de sucesso no Empresário do Ano 2017

Conheça quais empresários foram eleitos destaques em seus segmentos durante a tradicional festa de Empresário do Ano 2017.

 

Agropecuarista do Ano 2017: Joel Alvarenga Silva

Persistência, amor à atividade e, acima de tudo, a satisfação de que o trabalho sério – exercido com dedicação e honestidade – é sempre recompensado, mesmo em um país onde o homem do campo é pouco valorizado pelo governo. Esse é o perfil do homenageado que, ao lado do irmão Jardel, administra a Fazenda Monte Verde, na comunidade de Paivas. A propriedade investe na pecuária leiteira há 25 anos, desde que os gêmeos receberam do pai um pedaço de terra, para que tirassem de lá o próprio sustento.

Ao longo de todos esses anos, a Monte Verde passou por várias transformações mas, no que diz respeito à qualidade da produção, a conduta de Joel é a mesma. Ele trabalha em todos os setores, mantendo muito viva a filosofia de que “o olho do dono é que engorda a boiada”. Exigente nos processos da atividade, fornece um produto de excelência, dentro dos mais rigorosos padrões. E faz questão de dizer, sempre com muito orgulho, que sustenta a família com a produção de leite.

O plantel cresceu, proporcionando a tiragem de 1.500 litros/dia, mas o que Joel define como essencial na conduta de um negócio de valor é a consciência de que manter a boa produção é mais importante do que crescer sem estrutura. É assim que ele pretende contribuir com o agronegócio de Pará de Minas por muitos e muitos anos ainda, contando sempre com a parceria do irmão porque, afinal de contas, a união faz a força.

 

Comerciante do Ano 2017: Renato Soares de Aguiar

Depois de sete anos trabalhando como caminhoneiro, Renato trocou os perigos das rodovias pelas pequenas entregas em Pará de Minas. Muitas vezes, trabalhava das cinco da manhã até uma hora da madrugada e, aos fins de semana – para melhorar a renda – ainda vendia frango assado na porta de um açougue. A veia empreendedora fez com que ele também apostasse nos espetinhos. Caprichando no produto e levantando custos na ponta do lápis, estabeleceu a primeira meta: vender, pelo menos, 40 espetinhos por dia. E logo na estreia, uma surpresa: os clientes levaram 80.

Convicto de que aquele negócio poderia crescer, deixou de lado de entregas e passou a se dedicar inteiramente aos espetinhos, no espaço alugado na esquina da Rua Cardeal Hugolino. Daí o nome que se popularizou entre os clientes: Churrasquinho da Esquina. Oito meses depois, a esposa Tânia também abraçou o novo negócio. O casal fez muitas pesquisas e criou o tempero que passou a ser o diferencial do churrasquinho, associado à carne de alta qualidade.

As opções também cresceram: ele comandando as churrasqueiras e ela na cozinha, preparando tropeiro, arroz com vinagrete, maionese e caldos no inverno. Os filhos – Joice, Bruna e João Vitor –, aos poucos, também passaram a trabalhar com os pais. Hoje, o Churrasquinho da Esquina virou patrimônio do São Francisco, fazendo parte do grande desenvolvimento econômico do bairro.

 

Industrial do Ano 2017: Maraíse Estefane Silva

A criança que adorava sorvete imaginou virar gente grande produzindo sorvete. Enfrentou muitas dificuldades para realizar o projeto de vida, principalmente pela falta de recursos financeiros. Mas, Maraíse venceu e hoje – em companhia do sócio Rodrigo Silva – é proprietária da Devorê, marca que está presente em mais de uma centena de pontos de venda da região. A empresa já virou franquia, com duas lojas em Pará de Minas – nos bairros Santos Dumont e Presidente Vargas – e outra em Itaúna.

Um dos diferenciais da sorveteria é manter a produção artesanal, que impede a presença de elementos químicos na massa, garantindo mais qualidade e sabor. Maraíse sempre foi exigente nesse quesito e nunca pensou no processo industrial, exatamente para evitar que seus sorvetes e picolés tivessem sabor semelhante, como acontece na utilização de essências. Na medida em que os negócios crescem, eles impulsionam a criatividade na elaboração de receitas únicas, que só utilizam ingredientes naturais e de elevado padrão. Entre empregos diretos e indiretos, já são mais de trinta e os planos de expansão para a próximo ano começam com a nova fábrica que vai saltar de 300 para 2.000 metros quadrados.

A Devorê também passa por um processo de grande reestruturação administrativa, para acompanhar a evolução do mercado, mas seu grande diferencial continuará sendo a arte de produzir sorvetes e picolés em perfeita sintonia com os melhores paladares.

 

Prestador de Serviços do Ano 2017: Mauro Costa Santos

Ele se orgulha de ter dado os primeiros passos profissionais sob a supervisão do pai, que também foi o fundador do Socorro Camilo, criado para fazer reboque de veículos. De funcionário a proprietário se passaram muitos anos e ele sempre investiu na ampliação das atividades. Tanto que para se diferenciar da concorrência, também apostou na linha pesada, através de guindastes potentes. Hoje, reconhecidamente, a empresa é a melhor do Centro-Oeste mineiro no segmento, atraindo clientes de todo o país, além de viabilizar parcerias com seguradoras de importantes bandeiras.

Mauro define a consolidação do negócio com a excelência na prestação de serviços e na atuação transparente. Divide o sucesso com Cleo, responsável pela área financeira, e os filhos – Hudson, Tuane e Sany – a quem sempre incentiva a busca contínua do profissionalismo e da honestidade. Se tivesse que recomeçar, faria a mesma trajetória, incluindo as inúmeras vezes em que chegou a trabalhar por até 48 horas seguidas, já que o cansaço nunca venceu o orgulho de estar à frente de um empreendimento que – muito mais que prestar serviços com respeito à sociedade – faz amigos e enxerga o ser humano em tudo que faz.

Já com foco em 2018, o Socorro Camilo vai se instalar definitivamente na nova sede de 7.500 metros quadrados, que será construída na BR 262, em frente ao novo distrito industrial de Pará de Minas. É lá que será concentrada toda a frota e serão implantados os serviços autossuficientes da empresa.

 Galeria de Imagens

Muita emoção e histórias de sucesso no Empresário do Ano 2017
Muita emoção e histórias de sucesso no Empresário do Ano 2017
Muita emoção e histórias de sucesso no Empresário do Ano 2017
Muita emoção e histórias de sucesso no Empresário do Ano 2017
Muita emoção e histórias de sucesso no Empresário do Ano 2017